[RESOLVIDO] Configurar backup via cron



  • Pessoal,
    vi que temos um pacote muito interessante para o pfsense que é o bacula-client.
    Gostaria de saber como faço para que eu possa agendar via cron que o pfsense
    faça o backup das configurações em uma pasta para posteriormente o bacula
    realizar o backup.

    Abraço



  • thiagosf88,

    Se você pretende usar o Bacula, porque agendar um script no cron?

    Você pode instalar o bacula-client e configurar apenas o servidor onde roda o "Bacula-Server" para "buscar" os dados!

    Abraços!
    Jack



  • JackL,

    achei que isso seria necessário para gerar o arquivo de configurações.

    Então existe um diretório em que o pfsense já armazena um arquivo xml com as configurações?
    que diretório seria esse?

    Abraço



  • thiagosf88,

    Até o presente momento não cheguei a fazer nenhum teste prático com o bacula-client no pfSense. Mas acredito que o client permita você "varrer" o filesystem do pfSense em busca do que você quer backupear - a exemplo do que acontece em outras plataformas operacionais com o Bacula!

    Faça um teste e poste por aqui os resultados… ;)

    Abraços!
    Jack



  • JackL,

    no modo de configuração que utilizo no bacula eu determino que diretórios
    da maquina cliente que eu farei o backup.
    Por isso perguntei se o pfsense já possuiria um diretorio onde ficam armazenadas
    as configurações.
    Assim colocaria para oi bacula realizar o backup desse diretório especificamente.



  • @thiagosf88:

    Por isso perguntei se o pfsense já possuiria um diretorio onde ficam armazenadas
    as configurações.

    Todas as configurações importantes do core do pfSense e de pacotes ficam abaixo do /usr!

    Abraços!
    Jack



  • Não seria esse diretório não

    /cf/conf



  • @thiagosf88:

    Não seria esse diretório não /cf/conf

    Sim… se você quiser apenas tirar o XML (produto) da configuração macro, é este mesmo. Mas não raras vezes você também vai querer backupear os arquivos "*.inc", que geram os confs. Neste caso, basta selecionar o que se quer abaixo do /usr.

    Abraços!
    Jack



  • Vlw pelas dicas

    Abraço


Log in to reply