Softupdate



  • Já existe uma forma de habilitar o Soft-update sem reinstalar o pfsense do zero?



  • @Antonio:

    Já existe uma forma de habilitar o Soft-update sem reinstalar o pfsense do zero?

    Não.

    Você pode alterar outros parâmetros(descritos nos tutoriais) para melhorar alguma coisa.



  • Só complementando o colega Marcelloc,

    Não é possivel alterar porque isto faz parte dos pontos de montagem que você cria na instalação do PFSense. Alterar esses pontos de montagem com o PFSense já instalado pode torna-los ilegiveis e assim o PFSense não funcionará mais.



  • Para dar mais opções, você pode adicionar outros discos e formata-los com softupdates ou zfs e montar nos seus diretórios de cache e log.



  • Obrigado.

    Não achei o tutorial que explica como fazer isto. Podem me citar?



  • Tutoriais para pfSense - Instalação, Configuração, tunning e Backup

    Procure por performance de disco


  • Administrator

    @marcelloc:

    @Antonio:

    Já existe uma forma de habilitar o Soft-update sem reinstalar o pfsense do zero?

    Não.

    Você pode alterar outros parâmetros(descritos nos tutoriais) para melhorar alguma coisa.

    Oi Marcello,

    Nunca tinha feito isso no pfSense, mas já fiz em FreeBSDs, então fiquei na dúvida. Qual seria o problema
    de habilitar o soft-updates em uma partição do pfSense? Fiz um teste aqui seguindo esses passos e não
    encontrei nenhum problema.

    1. Bootar o server com um livecd do FreeBSD ou do pfSense
    2. Habilitar o soft-updates usando 'tunefs -n enable /dev/xxxx'
    3. Passar um fsck na partição
    4. Bootar novamente no pfSense

    -> /dev/ad0s1a on / (ufs, local, soft-updates)

    []s



  • Se não me engano esse comando que você executou habilita para a partição… lembre-se que o PFSense habilita apenas para alguns pontos de montagem. O /boot e algumas subpastas do "/" não podem trabalhar com softupdates, por isso é hábito criar o /usr e /var separados.


  • Administrator

    @LFCavalcanti:

    Se não me engano esse comando que você executou habilita para a partição… lembre-se que o PFSense habilita apenas para alguns pontos de montagem. O /boot e algumas subpastas do "/" não podem trabalhar com softupdates, por isso é hábito criar o /usr e /var separados.

    Uma instalação padrão (nem cheguei a considerar nanobsd, pois não faria sentido) possui os seguintes mount points:

    [2.2-ALPHA][admin@pfs21x86.localdomain]/root(12): mount
    /dev/ad0s1a on / (ufs, local, soft-updates)
    devfs on /dev (devfs, local)
    /dev/md0 on /var/run (ufs, local)
    devfs on /var/dhcpd/dev (devfs, local)

    Os dois devfs podemos ignorar, o /var/run é uma partição de memória que será perdida no boot, então não faz sentido habilitar soft-updates, sobrando apenas o /, onde eu habilitei apenas como prova de conceito.



  • @Renato:

    Nunca tinha feito isso no pfSense, mas já fiz em FreeBSDs, então fiquei na dúvida. Qual seria o problema
    de habilitar o soft-updates em uma partição do pfSense? Fiz um teste aqui seguindo esses passos e não
    encontrei nenhum problema.

    Valeu Renato. Na época tentei vários metodos e tutoriais sempre sem sucesso.

    Vou fixar este procedimento nos tutoriais de configuração.